Sporting

Reação inesperada de Bruno de Carvalho a morte de Manuel Fernandes

Bruno de Carvalho reagiu à morte de Manuel Fernandes, antigo avançado e treinador do Sporting que faleceu esta quinta-feira, dia 27 de junho aos 73 anos de idade. Ao Bola na Rede, o antigo presidente do Sporting destacou o papel da lenda do Clube de Alvalade e diz que foi o seu primeiro ídolo no mundo do futebol.

“Manuel Fernandes jogou no Sporting de 1975 a 1987 exatamente no tempo em que cresci pois sou de 72. Ele foi o meu primeiro ídolo e nunca me irei esquecer das grandes alegrias que me deu nos primeiros títulos a que assisti”, começou por escrever o antigo dirigente máximo do emblema verde e branco.

“Foi um jogador e depois treinador sempre muito leal e dedicado ao nosso Clube e por isso é conhecido como o eterno Capitão e é uma Lenda do Clube. Vamos sentir saudades, mas ele estará para sempre connosco! Nunca deixará de ser um de nós!”, concluiu Bruno de Carvalho.

O internacional português tornou-se numa das maiores figuras da história do Clube de Alvalade. Nos 12 anos que passou no Sporting (1975 a 1987), enquanto jogador, o eterno capitão conquistou cinco títulos: dois Campeonatos Nacionais, duas Taças de Portugal e uma Supertaça. A glória leonina foi ainda internacional pela equipa das quinas em 30 ocasiões, tendo feito o gosto ao pé por sete vezes, sendo um dos jogadores mais importantes da História do Clube de Alvalade.

De leão ao peito, marcou presença em 433 encontros, onde fez 257 golos – tornando-o no segundo melhor marcador da história dos verdes e brancos, ficando apenas atrás de Fernando Peyroteo (524). Como treinador, orientou também Vitória de Setúbal, Ovarense, Campomaiorense, Tirsense, Santa Clara, Sporting, Penafiel, União de Leiria e ainda os angolanos do ASA.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo