Benfica

Última hora: João Mário

Com a chegada de Di María ao plantel, Roger Schmidt enfrenta um problema de excesso de jogadores para as três posições de apoio direto ao ponta-de-lança, o que exigirá uma análise cuidadosa e possivelmente uma redução no número de opções.

Para a próxima temporada, Roger Schmidt conta com a continuidade de João Mário, David Neres, Rafa e Schjelderup, aos quais se deve acrescentar Aursnes. O norueguês atuou em grande parte da última temporada como extremo pela esquerda, e é improvável, dada sua performance, que seja deslocado para o meio-campo, a sua posição de origem. Além disso, chegou o reforço Kokçu para essa posição.

Além desse grupo de jogadores, o treinador alemão pretende avaliar o desenvolvimento de Tiago Gouveia, jovem que atuou por empréstimo no Estoril. Ainda falta definir o futuro de Gonçalo Guedes, internacional português que estava emprestado ao Wolverhampton. O jogador assinou pelo Benfica em janeiro, mas uma lesão grave no final da temporada resultou numa operação e uma pausa que pode se estender até setembro. A renovação do empréstimo está a ser discutida e, se concretizada, aumentará o número de opções para sete jogadores.

Artigos relacionados

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo