Sporting

(Vídeo) Fernando Mendes em lágrimas reage a morte de Fernando Mendes

Ícone do Clube de Alvalade faleceu, aos 73 anos, no dia 27 de junho

Fernando Mendes não foi capaz de conter as emoções ao reagir à notícia da morte de Manuel Fernandes na passada quinta-feira, dia 27 de junho. Em direto na CMTV, o antigo jogador do Sporting mostrou-se visivelmente transtornado com a partida do eterno capitão dos leões, com quem mantinha uma relação próxima, tanto profissional como pessoal. CLIQUE AQUI PARA VER O VÍDEO 

“Perdi um amigo. Um ser humano fantástico e dói, isto dói. O Manuel foi mais que meu pai e custa muito”, começou por dizer, com lágrimas nos olhos, o comentador do programa noticioso. Quando questionado se existiam expectativas de Manuel Fernandes recuperar, Fernando Mendes admitiu que era algo “complicado”. “Eu tenho conversado muitas vezes com o Tiago, a quem endereço os meus sentimentos e à família do Manuel. Mas era impossível sobreviver muito mais tempo”, confessou.

Vale lembrar que o antigo avançado dos leões se encontrava internado há já vários meses, em consequência de doença prolongada. Infelizmente, não resistiu e partiu, deixando a comunidade leonina de coração partido. Com o passar das horas, têm surgido mais mensagens de apoio à família e tributo àquele que foi um dos maiores jogadores do Sporting.

Além das várias publicações emitidas pelo Clube de Alvalade, onde Manuel Fernandes se notabilizou enquanto jogador (anos 70 e 80) e ainda desempenhou o papel de treinador (2000/01) e coordenador de scouting (entre 2015 e 2019), os outros dois grandes portugueses, Benfica e Porto, também divulgaram notas de pesar. Clubes pelos quais passou como jogador ou treinador, como Vitória, Estrela da Amadora ou União de Leiria, também fizeram questão de recordar a estrela dos leões.

Nos 12 anos que passou no Sporting (1975 a 1987), o eterno capitão conquistou cinco títulos: dois Campeonatos Nacionais, duas Taças de Portugal e uma Supertaça. A glória leonina foi ainda internacional pela equipa das quinas em 30 ocasiões, tendo feito o gosto ao pé por sete vezes. O antigo jogador está na História do Clube de Alvalade. De leão ao peito, marcou presença em 433 encontros, onde fez 257 golos – tornando-o no segundo melhor marcador da história do Clube, apenas atrás de Fernando Peyroteo (524).

VER VÍDEO || CLIQUE AQUI 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo